Personal tools
You are here: Home Clientes Edições Loyola Notícias 2008 04 Os processos de educação em seus aspectos mais subjetivos

Clientes

Os processos de educação em seus aspectos mais subjetivos

Apr 01, 2008

Prazer, sofrimento, indiferença na educação é fruto de uma compilação de reflexões provenientes de estudiosos de diversas áreas a respeito da influência do prazer e do sofrimento nos processos de apreensão do conhecimento e formação humana. O lançamento de Edições Loyola, organizado por Jean-Pierre Pourtois e Nicole Mosconi, expressa o resultado de uma experiência de conjugação de idéias por um processo transdisciplinar de análise. A proposta do livro nasceu em Paris, durante a Bienal da Educação e da Formação do ano 2000. Na ocasião, foi projetado um vídeo com depoimentos de crianças e professores sobre seu prazer e sofrimento nos processos de educação e formação.

Os processos de educação em seus aspectos mais subjetivos

Os processos de educação em seus aspectos mais subjetivos

Prazer, sofrimento, indiferença na educação é fruto de uma compilação de reflexões provenientes de estudiosos de diversas áreas a respeito da influência do prazer e do sofrimento nos processos de apreensão do conhecimento e formação humana. O lançamento de Edições Loyola, organizado por Jean-Pierre Pourtois e Nicole Mosconi, expressa o resultado de uma experiência de conjugação de idéias por um processo transdisciplinar de análise.

A proposta de composição de Prazer, sofrimento, indiferença na educação nasceu em Paris, durante a Bienal da Educação e da Formação do ano 2000. Na ocasião, foi projetado um vídeo com depoimentos de crianças e professores sobre seu prazer e sofrimento nos processos de educação e formação. Em seguida, especialistas de diversas áreas fizeram suas considerações, que deram as diretrizes para o debate aberto ao público. A obra, portanto, é o resultado das reflexões expostas no evento. Ao montar o livro, os especialistas franceses em educação Pourtois e Mosconi se utilizaram também de algumas colaborações de estudiosos que não estiveram presentes na Bienal, mas que tiveram acesso ao vídeo e decidiram contribuir.

Fugindo das análises estatísticas de gráficos e tabelas como forma de observar o ser humano e o complexo processo de aprendizagem com bases em uma psicologia abstrata, o livro opta por um caminho subjetivo que observa os indivíduos a partir de experiências singulares. Esta escolha de uma abordagem menos teórica e mais empírica da questão busca uma compreensão mais ampla dos processos que envolvem a construção da educação.

Concebendo o prazer e o sofrimento como base dos mecanismos de motivação, os organizadores defendem a posição de que esses sentimentos definem o estado de satisfação do ser humano e, assim, ocupam importante papel na cultura ocidental. Mais especificamente, no que se refere à educação, tanto o prazer como o sofrimento sempre foram ocultados no estudo do campo. As dimensões subjetivas devem ser levadas em consideração como fatores determinantes no âmbito da aprendizagem, como afirmam Pourtois e Mosconi.

Tomando como objeto de estudo o ser humano em seu sentido mais amplo e subjetivo, Prazer, sofrimento, indiferença na educação se volta para sensações como angústia, sofrimento, aspirações, temores, atrações, repulsas na busca de respostas que contribuam ao entendimento do funcionamento dos mecanismos de aprendizagem.

Título: Prazer, sofrimento, indiferença na educação
Organizadores: Jean-Pierre Pourtois e Nicole Mosconi
Número de páginas: 256
Formato: 14 x 21 cm
Preço: R$ 31,00
ISBN: 978-85-15-03455-0

Para saber onde adquirir os livros de Edições Loyola, acesse: www.loyola.com.br/ondecomprar


Document Actions
Assessoria de Imprensa de Edições Loyola:
Brenda Volavicius | [email protected] | (11) 6914-1922
Pluricom Comunicação Integrada
Camila Gomes | [email protected]
Thiago Borges | [email protected]
Fone/fax (11) 3872-2861 | [email protected] | www.pluricom.com.br