Personal tools
You are here: Home Clientes Edições Loyola Notícias 2008 09 O combate à exclusão social pela linguagem em versão atualizada e renovada

Clientes

O combate à exclusão social pela linguagem em versão atualizada e renovada

Sep 18, 2008

Preconceito lingüístico: o que é, como se faz chega à sua 50ª edição em uma versão ampliada e atualizada. Neste lançamento de Edições Loyola, Marcos Bagno aprofunda discussões sobre as propostas teóricas e políticas dos educadores brasileiros engajados numa transformação das relações entre língua, escola e sociedade. Ele incorpora novos resultados de sua reflexão teórica e participação em projetos educacionais, dando continuidade ao seu esforço de transformar o estudo da língua portuguesa em algo vivo, indo muito além da gramática normativa e decifrando o que há de autoritário, intolerante e repressivo na ideologia que gera o preconceito lingüístico.

O combate à exclusão social pela linguagem em versão atualizada e renovada

O combate à exclusão social pela linguagem em versão atualizada e renovada

Preconceito lingüístico: o que é, como se faz chega à sua 50ª edição em uma versão ampliada e atualizada. Neste lançamento de Edições Loyola, Marcos Bagno aprofunda discussões sobre as propostas teóricas e políticas dos educadores brasileiros engajados numa transformação das relações entre língua, escola e sociedade.

Ele incorpora novos resultados de sua reflexão teórica e participação em projetos educacionais, dando continuidade ao seu esforço de transformar o estudo da língua portuguesa em algo vivo, indo muito além da gramática normativa e decifrando o que há de autoritário, intolerante e repressivo na ideologia que gera o preconceito lingüístico.

A partir de uma abordagem política do estudo lingüístico, Bagno afirma a necessidade de se dar prioridade absoluta às práticas de letramento, isto é, “às práticas que possibilitem ao aprendiz uma plena inserção na cultura letrada, de modo que ele seja capaz de ler e de escrever textos dos mais diferentes gêneros que circulam na sociedade”.

Mais do que decorar uma nomenclatura gramatical numerosa e freqüentemente contraditória ou fazer análises sintáticas de frases soltas, é preciso ler e escrever sem entender a gramática como um conjunto imutável de dogmas, mas produzindo uma reflexão a partir de investigação de fatos lingüísticos reais.

Tampouco se trata de privar os estudantes do acesso às variedades lingüísticas urbanas de prestígio, já que a preocupação do autor é justamente a de que todos disponham dos mesmos recursos de expressão verbal (oral e escrita) dos membros das elites socioculturais e socioeconômicas. O que se defende em Preconceito lingüístico: o que é, como se faz é a criação der uma nova gramática de referência do português brasileiro contemporâneo que venha a substituir as gramáticas normativas, denunciando e combatendo a exclusão social que se dá pela linguagem.

Sobre o autor - Marcos Bagno é doutor em Filologia e Língua Portuguesa pela Universidade de São Paulo (USP), professor do Departamento de Lingüística da Universidade de Brasília (UnB), escritor, poeta, tradutor, com cerca de trinta livros publicados, entre obras de divulgação científica, literatura infanto-juvenil, contos e material técnico-didático. Já recebeu diversos prêmios literários, entre os quais o IV Bienal Nestlé de Literatura Brasileira (contos), o Prêmio João de Barro (literatura infantil), o Prêmio Carlos Drummond de Andrade (poesia). Vários de seus livros e de suas traduções para o público infanto-juvenil receberam a qualificação de “Altamente recomendável” da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ).

Título: Preconceito lingüístico: o que é, como se faz
Autor: Marcos Bagno
Número de páginas: 136
Formato: 12 x 17 cm
Preço: R$ 14,70
ISBN: 978-85-15-01889-5

Para saber onde adquirir os livros de Edições Loyola, clique no botão Onde comprar no site: www.loyola.com.br.


Document Actions

Assessoria de Imprensa de Edições Loyola:
Brenda Volavicius | [email protected] | (11) 2914-1922
Pluricom Comunicação Integrada

Fone/fax (11) 3774-6463 | [email protected] | www.pluricom.com.br