Personal tools
You are here: Home Clientes Edições Loyola Notícias 2008 09 Síntese bibliográfica recupera conto perdido de Machado de Assis

Clientes

Síntese bibliográfica recupera conto perdido de Machado de Assis

Sep 09, 2008

Publicado em 1879, o conto Um para o outro, escrito por Machado de Assis para a revista A Estação, permaneceu desaparecido nos últimos 129 anos. Especialistas o davam por perdido, mas um trabalho de investigação que durou seis anos resgatou essa peça faltante na galeria de Machado, que é agora divulgada, junto com outros peculiares textos machadianos, em Contos de Machado de Assis: relicários e raisonnés, que tem a organização autora de Mauro Rosso. Além do conto desaparecido, integram este lançamento de Edições Loyola e Editora PUC-Rio outros trabalhos do escritor brasileiro, cujo centenário de morte será celebrado no dia 29 deste mês.

Síntese bibliográfica recupera conto perdido de Machado de Assis

Síntese bibliográfica recupera conto perdido de Machado de Assis

Publicado em 1879, o conto Um para o outro, escrito por Machado de Assis para a revista A Estação, permaneceu desaparecido nos últimos 129 anos. Especialistas o davam por perdido, mas um trabalho de investigação que durou seis anos resgatou essa peça faltante na galeria de Machado, que é agora divulgada, junto com outros peculiares textos machadianos, em Contos de Machado de Assis: relicários e raisonnés, que tem a organização autora de Mauro Rosso.

Além do conto desaparecido, integram este lançamento de Edições Loyola e Editora PUC-Rio Três tesouros perdidos, primeiro conto do autor; Uma partida, nunca antes publicado na íntegra em coletâneas contemporâneas; e Bagatela, tradução de Machado de Assis de uma narrativa originalmente em francês. Todos eles fornecem elementos importantes para o estudo da evolução ficcional de Machado.

Mas os textos do contista constituem apenas a primeira parte de Contos de Machado de Assis: relicários e raisonnés. O livro reúne informações detalhadas sobre todos os 226 contos escritos pelo autor e oferece o histórico bibliográfico-editorial completo da produção machadiana. Aqui, Rosso faz a reconstrução do histórico bibliográfico dos contos de Machado, revelando as peculiaridades e nuances que tornam a produção do principal escritor brasileiro tão diferenciada.

Para facilitar o trabalho do estudioso e do crítico literário, o livro é dividido em cinco minuciosos raisonnés, sendo que todos os contos estão listados em ordem alfabética de seus respectivos títulos, oferecendo um retrato completo, peça por peça, dos veículos e datas de publicação original e das sucessivas antologias e coletâneas. Os textos de Machado são catalogados também em ordem cronológica (ano de publicação original), em blocos por ordem alfabética de título do jornal ou da revista, por coletâneas e por chaves temáticas, propiciando assim uma síntese interpretativa e analítica que mapeia a obra machadiana no ano de seu centenário.

Sobre o autor – Mauro Rosso é professor e pesquisador de literatura brasileira, autor de Uma proposta para a prática pedagógica (2002); São Paulo, a cidade literária (2004); Cinco minutos e A Viuvinha, de José de Alencar: edição comentada (2005). Nesse ano do centenário da morte de Machado de Assis, Rosso é palestrante 'intensivo' sobre o autor, abordando temas como “Machado de Assis, o subterfúgio, o feminino, a transcendência literária”, “O conto machadiano”, entre outros.

Título: Contos de Machado de Assis: relicários e raisonnés
Autor: Mauro Rosso
Número de páginas: 224
Formato: 16 x 23 cm
Preço: R$ 35
ISBN: 978-85-15-03574-8

Para saber onde adquirir os livros de Edições Loyola, clique no botão Onde comprar no site: www.loyola.com.br.


NOITE DE AUTÓGRAFOS NO RIO DE JANEIRO

15 de setembro (segunda-feira), a partir das 19h

Livraria Timbre | Shopping da Gávea
Rua Marquês de São Vicente, 52, loja 221


Document Actions

Assessoria de Imprensa de Edições Loyola:
Brenda Volavicius | [email protected] | (11) 2914-1922
Pluricom Comunicação Integrada

Fone/fax (11) 3774-6463 | [email protected] | www.pluricom.com.br