Personal tools
You are here: Home Clientes Edições SESC SP 2010 06 Gestão cultural no Brasil está cada vez mais profissional

Clientes

Gestão cultural no Brasil está cada vez mais profissional

Jun 24, 2010

Gestão cultural no Brasil está cada vez mais profissional

Foto: Paulo Preto

Cris Olivieri e Edson Natale, organizadores do Guia Brasileiro de Produção Cultural, diagnosticam mudança no cenário nacional e afirmam que hoje o país se iguala aos líderes internacionais 

 

Tanto a produção como a gestão cultural no Brasil estão cada vez mais profissionalizadas. Cris Olivieri e Edson Natale, organizadores do Guia Brasileiro de Produção Cultural, lançado ontem (23 de junho) no SESC Pinheiros, em São Paulo, afirmam que os produtores culturais e artistas brasileiros hoje não ficam nada a dever em relação ao que se faz internacionalmente.

Essa posição se baseia na experiência de nada menos do que quinze anos dedicados à elaboração de uma das publicações nacionais pioneiras destinadas à produção cultural, o Guia Brasileiro de Produção Cultural, que chega agora à sua sexta edição sob o selo das Edições SESC SP. “O Guia surgiu ainda como um manual, quando não havia no Brasil qualquer referência bibliográfica sobre como produzir cultura por aqui”, explica o músico Edson Natale. “O livro nasceu de minhas dúvidas e curiosidades, sobre como, por exemplo, eu poderia tocar fora do Brasil ou distribuir meu CD.”

Junto com a advogada Cristiane Olivieri, partiu para o levantamento exclusivo do que existia no Brasil para a área de música. A primeira edição, lançada de modo independente, saiu em 1993 – antes do advento da internet – e, portanto, quando ainda se vivia uma enorme dificuldade em termos de circulação de informações na área. “Havia também certa reserva de mercado, para evitar a concorrência”, lembra Natale. Naquele ano, a dupla conseguiu reunir nada menos do que 2.500 endereços de espaços para execução musical, o que serviu para colocar a publicação numa posição de referência para artistas. “O SESC comprou 50 exemplares para distribuir para suas unidades, o que contribuiu para fortalecer a ideia de uma segunda edição atualizada e ampliada”, conta o produtor cultural. A partir de então, passaram a receber cartas com dicas de espaços para outros segmentos artísticos, como teatro, dança etc.

De lá para cá, o Guia só cresceu. O SESC bancou parte de sua tiragem, para distribuição a seus públicos e, agora, encampou a publicação em seu catálogo editorial, bancando a distribuição gratuita de 2 mil exemplares para entidades educativas e culturais de todo o país. “O Guia hoje não apenas é um 'manual de sobrevivência' do produtor cultural, como também se configura como uma referência para que a gestão cultural no Brasil tenha cada vez mais se profissionalizado, como se verifica hoje”, afirma Cris Olivieri.

Resultado do esforço coletivo de nada menos do que 47 artistas e produtores culturais que contribuíram com artigos e entrevistas, a sexta edição do Guia Brasileiro de Produção Cultural abrange desde temas como planejamento, economia criativa, questões jurídicas e financeiras, direito do autor, instituições culturais, captação de recursos e leis de incentivo, até mesmo como produzir e divulgar uma obra.

“Não se pretende esgotar o assunto, evidentemente, mas dar pistas para incrementar a produção cultural brasileira, tão rica em termos criativos, mas ainda carente de informações para viabilizar sua execução em muitas regiões”, diagnostica a advogada, mestre em administração em Artes. “O artista que não souber como captar recursos e prestar contas acaba tendo restringidas suas oportunidades de exibição”, reitera o músico. “Muito já caminhamos, mas há muito por ser feito. O Guia pode ajudar com suas dicas e sugestões a realizar projetos culturais”.

Clique aqui para mais informações sobre a obra.

Document Actions

_______________________________________________________________________________________________

Logo Edições SESC SPBraço editorial do Serviço Social do Comércio de São Paulo, as Edições SESC SP têm em seu catálogo mais de 70 publicações que abrangem as áreas de cultura, artes, esportes, ciências sociais, educação, filosofia, terceira idade e história. Seus livros são fruto do desdobramento de ações e projetos desenvolvidos pelo SESC, como é o caso dos originados de espetáculos artísticos e seminários nacionais e internacionais. Muitos desses trabalhos articulam-se em diversas mídias, para atender aos anseios de um público interessado em informações plurais que podem vir de diferentes recursos multimídia, integrando texto, áudio e vídeo. Seu projeto gráfico, muitas vezes arrojado e experimental, constitui-se também em um campo para a criação.

_______________________________________________________________________________________________
Assessoria de Imprensa das Edições SESC SP:

Pluricom Comunicação Integrada
Jornalistas: Bianka Saccoman, Diego Pontes, Karine Bastida e Mayara Monteiro
(11) 3774-6463 | [email protected] | www.pluricom.com.br

Edições SESC SP – Comunicação
Bruna Daniel | [email protected]
Marli Tancreda | [email protected]
(11) 2227-7462 | [email protected] | www.sescsp.org.br/loja