Personal tools
You are here: Home Clientes Edições SESC SP 2011 03 Colóquio Temas para a Dança Brasileira

Colóquio Temas para a Dança Brasileira

by heloisa last modified Apr 13, 2011 09:45 AM

Informações gerais:
Data: 19/04
Local: SESC Consolação | Rua Dr Vila Nova, 245 | São Paulo, Brasil
Inscrições: www.sescsp.org.br
Informações: (11) 3234-3000

Programação

10h: Abertura
Danilo Santos de Miranda - diretor regional do SESC SP

10h30: Mesa 1: Estratégias de colaboração para a dança no Brasil
Enfoques plurais sobre difusão, circulação e mediação. Políticas de aliança como partilha de sensíveis ético-estéticos e como mecanismo capaz de promover sustentabilidade, potencialização, mudanças e desdobramentos na construção do ambiente de dança no Brasil.
Autores: Andréa Bardawil, Marcos Bragato, Nirvana Marinho, Rosa Primo e Simone Avancini.
Convidada: Sonia Sobral

12h15: Mesa 2: Crítica de dança e o jornalismo cultural no Brasil
O papel do crítico nas discussões geradas pelo espetáculo de dança, as diferentes perspectivas e os variados tipos de escrita. As razões pelas quais, em comparação a outros temas, as notícias de dança têm pouco espaço em cadernos de cultura de grandes jornais. Corpo e diferença, movimento e sentido, composição e dramaturgia e a ideia de qualquer que penetrou a dança contemporânea de tal modo que, hoje, um movimento qualquer de um corpo qualquer num espaço qualquer pode ser dança.
Autores: Beatriz Cerbino, Nani Rubin e Paulo Caldas.
Convidada: Helena Katz

13h45 às 15h – Intervalo para almoço

15h: Mesa 3: Dramaturgia e dança: tendências estéticas e processos de criação
A função do dramaturgista, sua origem e sua relação com o surgimento do conceito de encenação teatral. O diálogo entre o roteiro dramatúrgico e um estudo dramatúrgico, e as implicações da relação objeto/espectador e a presença de uma política da representação. Reflexões sobre experiências da prática de dramaturgistas brasileiros com as variadas tendências estéticas na arte contemporânea.
Autores: Beatriz Cerbino, Fátima Saadi e Thereza Rocha.
Convidada: Rosa HercolesRosa Hercoles, Thereza Rocha, Fátima Saadi e Beatriz Cerbino.

17h: Mesa 4: Produção em dança: especificidades de um ofício
O panorama nacional e a produção em dança como especificidade de um ofício, componentes determinantes na prática do empreendimento e do desempenho da equipe envolvida. Histórico dos principais produtores brasileiros responsáveis pelas apresentações de companhias internacionais de dança no país a partir dos anos 1980. Pistas possíveis que apontam para o redimensionamento das atividades econômicas da dança e o aumento de visibilidade.
Autores: Adriana Pavlova, João Carlos Couto e Leonel Brum.
Convidada: Jackie CastroJackie Castro, João Carlos Couto, Adriana Pavlova e Leonel Brum.

Todas as mesas de discussão contam com a mediação da professora e pesquisadora Sigrid Nora.

18:30: Lançamento do livro Temas para a dança brasileira
Sigrid Nora – organizadora
Sessão de autógrafos com Sigrid Nora e os demais autores da obra.

Currículos dos Participantes

Adriana Pavlova
Jornalista especializada em dança, foi setorista da área no jornal O Globo de 1995 a 2005, colaboradora das revistas Bravo e Vogue RG e do jornal Folha de S. Paulo. Autora de Maria Olenewa (perfil desta introdutora da dança clássica no Brasil), lançado pelo Teatro Municipal do Rio em 2001, e Coreografia de uma década, livro dos dez anos do Festival Panorama de Dança (Casa da Palavra, 2001).

Andréa Barbawil
Coreógrafa, diretora da Cia da Arte Andanças (Fortaleza-CE), com a qual montou os trabalhos O Tempo da Delicadeza (2002), O Tempo da Paixão ou O Desejo é um Lago Azul (2004) e Os Tempos (2008), uma das fundadoras do Alpendre – Casa de Arte, Pesquisa e Produção, em Fortaleza-CE.

Beatriz Cerbino
Professora da Universidade Federal Fluminense (UFF), no curso de Produção Cultural e no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Arte. Possui doutorado em História pela UFF, com tese sobre o Ballet da Juventude. Autora de textos e livros sobre dança, entre eles Nina Verchinina: um pensamento em movimento.

Fátima Saadi
Tradutora e dramaturgista da Companhia Teatro do Pequeno Gesto, no âmbito da qual edita a revista Folhetim e a coleção Folhetim/Ensaios.

João Carlos Couto de Magalhães
Sociólogo, ator, autor, programador e produtor de projetos e atividades culturais internacionais na área de teatro, dança e música tradicional. Diretor executivo e curador de algumas edições do Festival Internacional de Artes Cênicas de São Paulo. Consultor para a programação internacional de dança do Teatro Alfa. Conselheiro (artes cênicas) da Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (CNIC), do Ministério da Cultura, biênio 2006 a 2008. Conselheiro da Câmara Setorial de Teatro, e membro do Conselho Estadual de Cultura do Estado de São Paulo, biênio 2008/2010. Chevalier des Arts et des Lettres (título francês), nomeado em março de 2009.

Leonel Brum
Professor do Curso de Graduação em Dança do Instituto de Cultura e Arte, da Universidade Federal do Ceará (UFC). Doutor em Poéticas Interdisciplinares pela Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), mestre em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP). Foi coordenador de dança da Fundação Nacional de Artes (Funarte) e diretor-fundador dos festivais Dança Brasil e Dança Criança. É um dos diretores-fundadores do festival Dança em Foco – Festival Internacional de Vídeo & Dança.

Marcos Bragato
Docente no Departamento de Artes e Vice-Coordenador da Licenciatura em Dança da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Doutor em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP) e pesquisador de dança e da eurística em torno da perspectiva evolucionista do corpo. Criador e curador das mostras O Masculino e o Feminino na Dança, e Solos, Duos e Trios, entre outras, no Centro Cultural São Paulo (CCSP), entre os anos 1990 e 2008. Atuou como crítico de dança na Folha da Tarde e Jornal da Tarde.

Nani Rubin
Bacharel em Letras/Português - Literaturas Brasileira e Portuguesa pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e em Jornalismo pelas Faculdades Integradas Hélio Alonso (FACHA). Editora assistente do Segundo Caderno do jornal O Globo.

Nirvana Marinho
Doutora em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP, 2006), com pesquisas na área de dança contemporânea e políticas do corpo. É coordenadora do Acervo Mariposa, artista e professora.

Paulo Caldas
Bailarino e coreógrafo da Staccato, do Rio de Janeiro. Autor de espetáculos premiados, Paulo Caldas lecionou nos cursos de Dança da UniverCidade e da Faculdade Angel Vianna, onde criou o curso de Pós-graduação lato sensu Estéticas do Movimento – Estudos em dança, videodança e multimídia.  Atualmente, é professor do curso de Dança da Universidade Federal do Ceará (UFC). É idealizador e diretor do Dança em Foco – Festival Internacional de Vídeo & Dança.

Rosa Primo
Coordenadora do curso de graduação em Dança da Universidade Federal do Ceará (UFC); doutora, com estágio durante o ano de 2008 no Departamento de Dança da Universidade Paris 8;  jornalista e crítica de dança. Desenvolveu pesquisa sobre o corpo cênico em Fortaleza; foi coordenadora de dança da Secretaria de Cultura dessa cidade. Autora do livro A dança possível: as ligações do corpo numa cena (Fortaleza: Expressão Gráfica, 2006).

Sigrid Nora
Possui mestrado e doutorado em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP). É docente na Universidade de Caxias do Sul (RS). Tem experiência na área de Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: dança, cultura, políticas culturais e sociais, artes cênicas, corpo e contemporaniedade.

Simone Avancini
Formada em Educação Física pelas Faculdades Integradas de Santo André (FEFISA), tem especialização em Semiótica Psicanálitica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP) e atua como assistente técnica da Gerência de Ação Cultural do SESC SP.

Thereza Rocha
Pesquisadora de dança, dramaturgista e diretora. Doutoranda em Artes Cênicas pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). Mestre em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).
Professora dos cursos de graduação em dança da Universidade Federal do Ceará (UFC). Premio Funarte Klauss Vianna para a montagem do espetáculo 3 Mulheres e um Café: uma conferência dançada com o pensamento em Pina Bausch (Espaço SESC/RJ, 2010). Colunista do portal idança.net (www.idança.net).

Convidados

Jacqueline de Castro (Jackie Castro)
Graduada em Administração de Empresas, iniciou seus estudos de dança no Transforma – Centro de Dança Contemporânea. Integrou o Grupo de Dança 1º Ato durante 20 anos, no qual atuou em diversas funções e fundou o Projeto Social Reinventando a Escola. É membro fundadora da Associação Cultural Dança Minas, que reúne profissionais e grupos de Minas Gerais. Desde 2004, dirige e produz a Mostra Internacional de Solos e Duos 1, 2 na Dança. Criou o projeto Horizontes Urbanos (dança/arquitetura) em 2007 e os Fóruns Por Quê Dança?, em parceria com a Seráquê? Cultural e a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Como produtora, atua em diversos festivais, grupos de Minas, do Brasil e do exterior.

Sonia Sobral
Iniciou na área de dança, como programadora, em 1990. Coordenou a área de dança da Oficina Cultural Oswald de Andrade da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo entre 1991 e 92. Participou do Centro de Estudos do Corpo (atual CED), coordenado por Helena Katz, de 1985 a 2005. É gerente do Núcleo de Artes Cênicas do Itaú Cultural desde 1999. Entre os principais projetos que coordena destacam-se o Rumos Itaú Cultural Dança e Rumos Teatro; Enciclopédia virtual de Teatro e Enciclopédia de Dança. Organizou a coleção Cartografia Rumos Itaú Cultural Dança 2006/2007 e co-organizou a coleção do biênio 2009/2010.  É membro da Red Sudamericana de Danza desde 2002. Foi coordenadora nacional do site www.idanca.net entre 2005 e 2008 e entre 2009 e 2010 integrou o conselho editorial.

Helena Katz
Crítica de dança do jornal O Estado de S. Paulo e professora da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP). Graduou-se em Filosofia na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e doutorou-se no Programa em Comunicação e Semiótica da PUC/SP. Fundou e coordena o Centro de Estudos em Dança (CED), grupo de pesquisa que reúne estudantes, professores, programadores, produtores e artistas das artes do corpo. É também professora na Escola de Dança da Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Rosa Hercoles
Atualmente é professora e coordenadora do curso de Comunicação das Artes do Corpo e pesquisadora do Centro de Estudos de Dança da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP). Sua formação em dança é marcada pelo período em que foi aluna e assistente de Klauss Vianna (1983/87), dando início a sua carreira como pesquisadora do corpo. Paralelamente aos estudos de dança, aprofundou seus conhecimentos acerca das funções sensório-motoras do corpo em sua formação como eutonista, junto à Escola de Eutonia da América Latina (1990/94). No período de 1997/00, estabeleceu uma concepção da Eutonia como forma de comunicação do corpo, em sua Dissertação de Mestrado, junto ao Programa de Comunicação e Semiótica da PUC/SP. A partir de 1998, passa a atuar como dramaturgista da dança, estabelecendo trabalhos colaborativos com Helena Bastos, Vera Sala e Adriana Banana. Desenvolve sua Tese de Doutorado (2001/05) sobre a Dramaturgia da Dança, junto à mesma instituição.

Document Actions