Personal tools
You are here: Home Clientes EdUFSCar Notícias 2016 06 Pesquisadores destrincham as transformações profissionais no Brasil

Clientes

Pesquisadores destrincham as transformações profissionais no Brasil

Jun 20, 2016

Novos desafios são impostos pelo mercado de trabalho todos os dias, dentre eles, transformações legais, econômicas e relacionais. Essas dinâmicas resultam em interações profissionais que apagam ou reforçam identificações. Nesta perspectiva, buscando analisar especificamente a história dos médicos, a profissionalização dos jornalistas, a prática privada da advocacia, a participação das mulheres e dos advogados negros nas organizações, o apagamento da diferença entre delegados e delegadas de Polícia Federal e a cultura terapêutica, os organizadores Maria da Gloria Bonelli e Wellington Luiz Siqueira lançam 'Profissões republicanas: experiências brasileiras no profissionalismo', pela EdUFSCar.

O livro comemora os 20 anos do grupo de pesquisa Sociologia das Profissões, que teve início em 1994 no Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal de São Carlos. As pesquisas que compõem os oito capítulos buscam compreender, com análises quantitativas a partir de bancos de dados secundários e entrevistas com profissionais da área, as relações entre a chegada dos médicos ao município de São Carlos e o desenvolvimento local da cidade, a profissionalização do Jornalismo no Brasil e o processo de feminização da profissão no estado de São Paulo para esclarecer como acontecem as diferenças de gênero no trabalho. 

Os artigos destrincham sobre os processos globalizantes na advocacia paulista, e como estes têm gerado formas híbridas de carreiras, apresentando dados sobre o recente movimento de interiorização de advogados pelas grandes empresas brasileiras com a formação de equipes corporativas. A experiência do negro no ambiente de trabalho da advocacia paulista, constituído em sua maioria por profissionais não negros, também é abordada, assim como a carreira dos delegados de Polícia Federal, abordando sua divisão principal: o gênero. Por fim, discutem o fenômeno da cultura terapêutica e o gerenciamento das emoções, tendo como base de dados os manuais de autoajuda voltados principalmente para o público feminino. 

Segundo os organizadores, na apresentação da obra, "Profissões republicanas delineia uma visão do Brasil contemporâneo que permite vislumbrar o caminho percorrido pelos profissionais ao longo de um século".

Sobre os organizadores – Maria da Gloria Bonelli possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, mestrado em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, doutorado em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas e bolsa sanduíche na Northwestern University. Desenvolveu pós-doutorado na American Bar Foundation, Chicago, e no Instituto Internacional de Sociologia Jurídica de Oñati, País Basco. Atualmente é professora sênior do Departamento de Sociologia da Universidade Federal de São Carlos. Wellington Luiz Siqueira cursou graduação em Ciências Sociais na Universidade Federal de São Carlos, com ênfase em Sociologia. Atualmente é aluno do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da mesma universidade e estuda processos de profissionalização na área de Sociologia das Profissões.

Título: Profissões republicanas: experiências brasileiras no profissionalismo
Organizadores: Maria da Gloria Bonelli e Wellington Luiz Siqueira
Número de páginas: 234
Formato: 16 x 23 cm
Preço: R$ 39,00
ISBN: 978-85-7600-430-1

Mais informações sobre a EdUFSCar estão disponíveis no site: www.editora.ufscar.br

Document Actions

Assessoria de imprensa da EdUFSCar - Editora da Universidade Federal de São Carlos
Pluricom Comunicação Integrada®
Bianka Saccoman | [email protected]
Elizandra Hengles | [email protected]
Gabriel Capucho | [email protected]
Katia Saisi | [email protected]
Fone (11) 3774-6463 | [email protected] | www.pluricom.com.br 
www.twitter.com/pluricom | www.facebook.com/pluricom