Personal tools
You are here: Home Clientes Fundação Editora da Unesp Notícias 2006 05 Assembléia Legislativa de São Paulo presta homenagem aos 30 anos da UNESP e aos 10 anos da FEU

Clientes

Assembléia Legislativa de São Paulo presta homenagem aos 30 anos da UNESP e aos 10 anos da FEU

May 30, 2006

A criação da UNESP e da Fundação Editora da UNESP será pauta de homenagens que os deputados estaduais paulistas realizam na próxima terça-feira, 6 de junho.<br> <br>O evento, que contará com a presença do magnífico reitor da UNESP e presidente do Conselho Curador da FEU, Prof. Dr. Marcos Macari, e do diretor presidente da FEU, Prof. Dr. José Castilho Marques Neto, acontece no dia 6 de junho de 2006, às 19h, no Auditório Franco Montoro da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo (Av. Pedro Álvares Cabral, 201 – Ibirapuera).

Assembléia Legislativa de São Paulo presta homenagem aos 30 anos da UNESP e aos 10 anos da FEU

Assembléia Legislativa de São Paulo presta homenagem aos 30 anos da UNESP e aos 10 anos da FEU

Os 30 anos da Universidade Estadual Paulista (UNESP) e os 10 anos da Fundação Editora da UNESP (FEU) serão lembrados na próxima semana em ato solene na  Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP).

O evento, que conta com a presença do magnífico reitor da UNESP e presidente do Conselho Curador da FEU, Prof. Dr. Marcos Macari, e do diretor presidente da FEU, Prof. Dr. José Castilho Marques Neto, acontece no dia 6 de junho de 2006, às 19h, no Auditório Franco Montoro da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo (Av. Pedro Álvares Cabral, 201 – Ibirapuera). O ato solene foi proposto pela deputada Beth Sahão.

30 anos de UNESP

A UNESP (Universidade Estadual Paulista “Julio de Mesquita Filho”) é uma das maiores e mais importantes universidades brasileiras, com destacada atuação no ensino, na pesquisa e na extensão de serviços à comunidade. Presente em praticamente todo o território paulista, seus campi universitários estão instalados em 23 cidades, sendo 21 no Interior; um na Capital do Estado, São Paulo, e um em São Vicente – o primeiro de uma universidade pública no Litoral Paulista. São 168 opções de cursos de graduação em 63 carreiras ou profissões, nas três grandes áreas do conhecimento: Ciências Humanas, Biológicas e Exatas. Prova da excelência desses cursos são os resultados do Exame Nacional de Cursos do Ministério da Educação, o chamado “Provão”, que atribuiu, em 2003, conceitos A ou B a 80% dos cursos avaliados. Os programas de pós-graduação da UNESP, em níveis de Mestrado e Doutorado, atendem às mais variadas áreas, como Biotecnologia, Biofísica Molecular, Lingüística, Artes Visuais, História e Energia na Agricultura e são reconhecidos pela Capes como de alto nível.

Outro fator que assegura a qualidade do ensino na UNESP é a infra-estrutura da Universidade, que inclui 1.900 laboratórios e 30 bibliotecas, com aproximadamente 770 mil livros, museus, hortos, biotérios, jardins botânicos e cinco fazendas experimentais, perfazendo uma área total próxima a 60 milhões de m2, sendo aproximadamente 636 mil m2 de área construída.  A UNESP conta ainda com o importante Hospital das Clínicas, com 450 leitos, e administra o Hospital Estadual Bauru, com outros 380 leitos, destacando-se pela quantidade e qualidade dos serviços que presta à comunidade. Somam-se a esse formidável conjunto, também, hospitais veterinários e clínicas de odontologia, psicologia, fonoaudiologia e fisioterapia.

A captação de recursos é garantida por convênios, que permitem intercâmbio de professores e alunos, desenvolvimento de projetos acadêmicos e prestação de serviços. São firmados com universidades nacionais e estrangeiras, institutos, associações, fundações, prefeituras, secretarias, ministérios, órgãos federais e estaduais e empresas privadas, totalizando cerca de 300 parcerias, muitas delas intermediadas pela Fundunesp (Fundação para o Desenvolvimento da UNESP), criada especialmente para esse fim.

10 anos de Fundação Editora da UNESP

A Fundação Editora da UNESP foi criada em dezembro de 1995, mas sua história remonta a 1987, quando ainda dentro da Fundação para o Desenvolvimento da UNESP, inciava-se uma editora acadêmica abrigada na Diretoria de Publicações – Editora UNESP. Sua meta era vir a configurar-se como uma editora moderna, ágil, voltada para a difusão do conhecimento universal, produzido pela UNESP e por outros centros acadêmicos de excelência. Nascia com pretensões de disputar o escasso mercado nacional de publicações universitárias, com projeto editorial e gráfico definidos e com a preocupação de criar uma linha editorial baseada, também, em traduções importantes para o pesquisador e o estudante brasileiros.

Logo, tornou-se objetivo prioritário da Editora UNESP a conquista de três autonomias: a editorial (liberdade para publicar sem pressões), a administrativa (ter condições de gerenciar e planejar seus próprios negócios) e a financeira (gerir sua receita, tornando-se, em longo prazo, uma atividade auto-sustentátel). A partir de 1991, já com uma linha editorial reconhecida, a Editora UNESP começa a articular vôos mais altos. É nesse momento que nasce a idéia de criar a Fundação Editora da UNESP, como veículo para conquistar o segundo degrau da autonomia (a administrativa), criando condições reais de atingir plenamente o terceiro degrau – a autonomia financeira.  Foi assim que em dezembro de 1995, foi aprovada a criação da Fundação Editora da UNESP, que iniciou suas atividades a partir de abril de 1996.

Document Actions

Assessoria de Imprensa da Fundação Editora da UNESP:
Pluricom Comunicação Integrada
Jornalista: Carlos Sandano
Fone: (11) 3872-2861 | [email protected] | www.pluricom.com.br


Assessoria de Imprensa da UNESP:
Jornalista: Dênio Maués
Fone: (11) 3252-0329 | [email protected] | www.unesp.br