Personal tools
You are here: Home Clientes Fundação Editora da Unesp Notícias 2006 07 Os caminhos da teoria do filósofo francês Merleau-Ponty

Clientes

Os caminhos da teoria do filósofo francês Merleau-Ponty

Jul 26, 2006

Luiz Damon Santos Moutinho dedica suas pesquisas ao estudo e discussão das idéias do escritor e filósofo francês Merleau-Ponty. Em Razão e Experiência – Ensaio sobre Merleau-Ponty, lançamento da Editora Unesp, o autor realiza uma uma reconstituição detalhada dos passos que levaram Merleau-Ponty a elaborar sua doutrina denominada fenomenologia da percepção. O livro destaca a originalidade do pensamento de Merleau-Ponty, um filósofo que prima pela articulação de temas sempre levando em conta sua experiência individual e as implicações dela geradas.

Os caminhos da teoria do filósofo francês Merleau-Ponty

Os caminhos da teoria do filósofo francês Merleau-Ponty

Luiz Damon Santos Moutinho dedicou sua pesquisa acadêmica ao estudo e discussão das idéias do escritor e filósofo francês Merleau-Ponty, um dos grandes entusiastas da fenomenologia - teoria que trata de descrever, compreender e interpretar os fenômenos que se apresentam à percepção. Boa parte das pesquisas de doutorado e pós-doutorado de Moutinho compõe Razão e Experiência – Ensaio sobre Merleau-Ponty , lançamento da Editora Unesp.

A obra promove uma reconstituição detalhada dos passos que levaram Merleau-Ponty a elaborar sua doutrina denominada fenomenologia da percepção por meio da análise de diversos livros do filósofo francês, desde A Estrutura do Comportamento, de 1938, à ontologia final de O visível e o Invisível, de 1996. O autor pretende compreender os motivos que estão na origem de uma mudança de paradigma no que se convencionou chamar de “discurso filosófico da modernidade”.

Moutinho procura ainda apontar as inflexões mais decisivas que levaram da fenomenologia alemã de Edmund Husserl à "filosofia existencial" ou "existencialismo" de Marleau-Ponty. Entre elas, a mais decisiva é a critica feita pelo filosofo francês ao idealismo husserliano e a conseqüente consagração do "mundo vivido" como o território legítimo da Filosofia.

Marleau-Ponty rejeitou as idéias de Husserl do conhecimento intencional, fundamentando sua própria teoria no comportamento corporal e na percepção. Sustentava que é necessário considerar o organismo como um todo para se descobrir o que se seguirá a um dado conjunto de estímulos. Ou seja, a filosofia não se dá mais em um território de puras significações, mas sim no campo da “situação humana”, do “mundo da vida” e suas expressões nos diversos campos da política, da estética, da lingüística, da ética etc.

O livro destaca a originalidade do pensamento de Merleau-Ponty, um filósofo que prima pela articulação de temas sempre levando em conta sua experiência individual e as implicações dela geradas, e que consagrou frases como “A filosofia, para mim, consiste em dar um outro nome a isso que por muito tempo foi cristalizado sob o nome de Deus”.

Sobre o autor – Luiz Damon Santos Moutinho é filósofo formado pela Universidade de São Paulo (USP), fez pós-doutorado na Université Sorbonne, na França, e atualmente é professor de filosofia na Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Título: Razão e Experiência – Ensaio sobre Merleau-Ponty
Autor: Luiz Damon Santos Moutinho
Número de páginas: 416
Formato: 16 x 23 cm
Preço: R$ 55
ISBN: 85-7139-646-9
Data de publicação: 2006

Document Actions

Assessoria de Imprensa da Fundação Editora da UNESP:
Pluricom Comunicação Integrada
Jornalistas:
Bia Scorzafave| [email protected]
Carlos Sandano | [email protected]
Fone/fax (11) 3872-2861 | [email protected] | www.pluricom.com.br