Personal tools
You are here: Home Clientes Fundação Editora da Unesp Notícias 2010 01 Textos autobiográficos revelam a alma solitária de Rousseau

Clientes

Textos autobiográficos revelam a alma solitária de Rousseau

Jan 20, 2010

Os anos passados entre 1755 e 1762 não foram bons para Rousseau. Certamente são importantes para os que o leem séculos depois, já que se trata do período no qual começam a ser redigidos o Contrato Social, A Nova Heloísa e Emílio. Mas o filósofo passava por um momento delicado, enfrentando as divergências em seu círculo intelectual, problemas de saúde, além do rompimento com Diderot e Grimm, ao mesmo tempo em que experimentava uma paixão problemática pela Sra. Sophie d' Houdetot. Conhecemos tais detalhes – deste e de outros períodos de sua vida, abarcando os anos de 1755 a 1776 – acompanhando os fragmentos organizados cronologicamente em Textos autobiográficos e outros escritos, lançamento da Editora Unesp que completa o pensamento e o caminho da obra russeauniana.

Integrante da Coleção Pequenos Frascos, o livro está dividido em duas partes. A primeira, intitulada As Quatro Cartas, escritas em janeiro de 1762, parte de uma espécie de desabafo no qual Rousseau fala sobre os intelectuais que o acusavam de aversão aos homens e à sociedade. Ele aqui se esforça em demonstrar seu apreço pelas relações humanas, mas admite sua preferência pela solidão e liberdade. Na segunda e terceira cartas, conta histórias de sua infância, do desenvolvimento de sua imaginação e sensibilidade, explicando como se deu sua formação e sua entrada na comunidade intelectual da época.

Já os Textos autobiográficos esclarecem o que ele considerava sinônimo de verdade, definindo o estilo do escritor. Neste conjunto de cartas onde se destaca o melhor do prosa do filósofo, também é revelada uma faceta muito peculiar do universo de Rousseau. Em oposição aos seus contemporâneos do século XVIII, que viviam os prazeres imediatos e se acomodavam à ideia de “felicidade possível”, o filósofo expressa a vontade em encontrar a felicidade absoluta, concluindo que a sabedoria deverá se originar na solidão criadora.

Sobre o autor – Rousseau foi um dos pensadores europeus mais reconhecidos do século XVIII. Na infância, foi criado pela sua tia, já que sua mãe falecera poucos dias após seu nascimento. Filósofo iluminista do século XIX e precursor do romantismo, escreveu Contrato Social (1762), Discursos sobre a ciências e as artes (1749), Devaneios de um caminhante solitário (1776), entre outras.

Título: Textos autobiográficos e outros escritos
Autor: Jean-Jacques Rousseau
Número de páginas: 178
Formato: 11,5 x 18 cm
Preço: R$ 35,00
ISBN: 978-85-7139-967-9

Os livros da Fundação Editora da Unesp podem ser adquiridos pelo telefone (11) 3107-2623 ou pelos sites: www.editoraunesp.com.br ou www.livrariaunesp.com.br.

Document Actions

Assessoria de Imprensa da Fundação Editora da Unesp:
Pluricom Comunicação Integrada
Jornalistas:
Carolina Abrahão | [email protected]
Paola Parisi | [email protected]
Fone (11) 3774-6463 | [email protected] | www.pluricom.com.br | www.twitter.com/pluricom