Personal tools
You are here: Home Clientes Fundação Editora da Unesp Notícias 2020 08 Coletânea reúne os mais representativos contos de Maupassant

Clientes

Coletânea reúne os mais representativos contos de Maupassant

Aug 17, 2020

Oito textos do escritor mostram as marcas deixadas pela Guerra Franco-Prussiana e o retrato não otimista da vida burguesa na França do século XIX

A Guerra Franco-Prussiana (1870-1871) deixou marcas profundas na história dos franceses. Derrotada, a França teve seu território invadido e as humilhações impostas ecoariam por muito tempo na cultura francesa. Não por acaso, o episódio é tema de diversos dos contos do escritor Guy de Maupassant, que fora voluntário na batalha, e o tornaram célebre escritor da época. Contos como “Srta. Fifi”, “Dois amigos” e o célebre “Bola de Sebo” acertariam contas com o traumático conflito e estão ora reunidos na coletânea Contos, lançamento que integra a Coleção Clássicos da Literatura Unesp.

Em pinceladas rápidas e precisas, encontramos também retratada a vida burguesa da época, com seus tipos e suas situações descritos em flagrantes certeiros. A imagem não é nada otimista; pelo contrário, pode-se entrever nas narrativas a crítica severa à moral de aparências da sociedade, em que sentimentos nobres não encontram terreno. Maupassant demarca seu protesto contra a discriminação social (como em “Srta. Harriet”), a perversidade moral (“A mãe de monstros”, “O Horla”) e a hipocrisia (“A morta”), e registra sua simpatia por típicas vítimas do moralismo burguês, como as prostitutas e os desvalidos. A coletânea traz ainda o conto “História de um cão”.

Guy de Maupassant nasceu na Normandia, região ao norte da França, em 1850. Ainda jovem, decidiu mudar para Paris. Sua trajetória literária se iniciou fortemente ligada a escritores da capital francesa, sobretudo a Gustave Flaubert (1821-1880), que se tornou para ele uma espécie de mentor literário, guiando seus primeiros passos na literatura. Em sua casa, Maupassant conheceu a nata da intelectualidade francesa, incluindo-se os mais renomados escritores das escolas realista e naturalista. O début do jovem Maupassant na prosa literária não tardou a acontecer. Em 1880, participou da coletânea de escritores naturalistas Les Soirées de Médan (As noites de Médan) com seu primeiro conto, “Bola de sebo”, que obteve sucesso imediato e gerou entusiasmo entre seus pares. É com este que o livro abre.

A análise de uma sociedade corrompida por preconceito e intolerância, entretanto, não representa a tentativa do autor de revolucionar sua época. Longe de assumir-se detrator da elite ou propor alternativas àquela sociedade, Maupassant optou por examinar magistralmente as mazelas de seu tempo de modo verossímil, mas declinando sutilmente do estilo de representação literária proposto pelas escolas realista e naturalista.

Sua maestria se revela também na técnica narrativa. Um dos recursos mais notáveis do autor é a construção do “suspense”: a partir de uma história contada por um personagem que conhece ou participou do fato narrado, o autor introduz um tempo de espera nos momentos importantes da trama. Esse tempo é preenchido com descrições aparentemente despretensiosas de personagens e ambientes, para que, ao final, o impacto da revelação principal seja maior e apanhe o leitor desprevenido.

Embora sua produção literária limite-se a uma década – entre 1880 e 1890 –, Maupassant conquistou reconhecimento no meio literário durante a vida. Morreu jovem, aos 42 anos, vítima de sífilis.

Sobre a coleção - Clássicos da Literatura Unesp constitui uma porta de entrada para o cânon da literatura universal. Não se pretende disponibilizar edições críticas, mas simplesmente volumes que permitam a leitura prazerosa de clássicos. A seleção de títulos é conscientemente multifacetada e não sistemática, permitindo o livre passeio do leitor. Já estão publicados outros quatro títulos: A relíquia, de Eça de Queirós, Histórias extraordinárias, de Edgar Allan Poe, Quincas Borba, de Machado de Asssis, e Triste fim de Policarpo Quaresma, de Lima Barreto.

Título: Contos
Autor: Guy de Maupassant
Tradução e notas: Fabio Stieltjes Yasoshima
Número de páginas: 152
Formato: 13,4 x 20,2 cm
Preço: R$ 48,00
ISBN: 978-85-393-0827-9

Mais informações sobre os livros publicados pela Editora Unesp estão disponíveis no site: www.editoraunesp.com.br

Document Actions

Assessoria de Imprensa da Fundação Editora da Unesp:
Mayara Lima | [email protected] 

Pluricom Comunicação Integrada®
Bianka Saccoman | [email protected]
Katia Saisi | [email protected]
[email protected] | www.pluricom.com.br | www.twitter.com/pluricom | www.facebook.com/pluricom