Personal tools
You are here: Home Clientes Salão Internacional de Humor de Piracicaba Junho Exposição registra a história dos 37 anos do Salão Internacional de Humor de Piracicaba

Clientes

Exposição registra a história dos 37 anos do Salão Internacional de Humor de Piracicaba

Jun 29, 2011

Exposição registra a história dos 37 anos do Salão Internacional de Humor de Piracicaba

Cartaz do cartunista Glauco sobre a abertura política no Brasil, de 1979

O Centro Nacional de Documentação, Pesquisa e Divulgação do Humor Gráfico de Piracicaba (CEDHU) é o responsável por acolher o acervo do Salão Internacional de Humor de Piracicaba e seus quase 40 anos de história. Além de cuidar das comissões para a organização, seleção e premiação de cada edição anual do evento, desenvolve ações no sentido de valorizar e promover a linguagem do humor gráfico, como exposições, cursos e oficinas. Este ano, o CEDHU preparou a mostra 37 anos de Salão Internacional de Humor de Piracicaba, que expõe trabalhos premiados e cartazes oficiais do evento.

A exposição já pode ser visitada no Engenho Central. São cerca de 100 imagens, entre elas, cartuns, charges, caricaturas e tiras de grandes nomes do humor gráfico nacional e internacional – como Santiago (Brasil), Chico Caruso (Brasil), Laerte (Brasil), Angeli (Brasil), Jurij Kosobukin (Ucrânia), O-Sekuer (Bélgica), Cristobal Reinoso (Argentina), Rolandi Fiddy (Inglaterra). Os temas dos desenhos são variados e retratam as diversas transformações culturais, políticas, ambientais e econômicas do Brasil e do mundo.De acordo com o diretor do CEDHU, Eduardo Grosso, “além de conhecer o trabalho de artistas importantes, o público tem a oportunidade de conhecer a diferença e as particularidades de cada categoria”.

Os cartazes promocionais expostos foram desenhados por artistas como Ziraldo, Zélio, Angeli, Millôr Fernandes, Laerte, Edgar Vasques, Glauco, Chico e Paulo Caruso, Nássara, Miguel Paiva entre outros. Alguns deles se referem a fatos históricos importantes, como por exemplo, o famoso desenho do cartunista Glauco feito em 1979 sobre a tensão existente no país em relação à abertura política. “É uma boa maneira de conhecer a história de um dos maiores eventos do humor gráfico do mundo”, explica.

Luc-Descheemaeker-(O-Sekoer),-da-Bélgica-1992O Salão Internacional de Humor de Piracicaba é considerado um dos mais tradicionais do mundo. Recebeu, na edição passada, cerca de 1.800 produções de 51 países. Realizado sob responsabilidade da Secretaria da Ação Cultural da Prefeitura do Município de Piracicaba, contou com a participação de Millôr, Ziraldo, Zélio, Jaguar, Fortuna e Ciça em sua primeira mostra, em 74. A partir de 76, assumiu sua característica internacional, com a exposição do cartunista francês Cloude Molliterni. Já no ano seguinte o Salão de Piracicaba foi preparado para receber trabalhos de diversos países, incluindo amostras dos cartunistas Sergio Aragonez, da revista MaD, Goefrey Dickson da revista inglesa Punch e Hermenegildo Sabat, do jornal argentino El Clarin.

Entre os brasileiros que já passaram pelo salão há nomes como Henfil, Luis Fernando Veríssimo, Paulo e Chico Caruso, Angeli, Laerte, Glauco, Edgar Vasques, Jaime Leão, Santiago, Fausto Longo, Erasmo e tantos outros talentos. 

Mostra 37 anos de Salão de Humor 
Local: Avenida Maurice Alain, 454, Vila Rezende | Piracicaba SP 
Todos os dias (incluindo sábados, domingos e feriados) das 10h às 17h. 

 

Mais informações estão disponíveis no site www.salaodehumor.piracicaba.sp.gov.br
Para inscrever trabalhos para o 38º Salão Internacional de Humor de Piracicaba, acesse o REGULAMENTO.

 

Document Actions

________________________________________________________________________________________________________

Assessoria de Imprensa do 38º Salão Internacional de Humor de Piracicaba
Pluricom Comunicação Integrada
Heloisa Pereira | [email protected]
Bianka Saccoman | [email protected] 
11 3774-6463 | www.pluricom.com.br | www.twitter.com/pluricom